Sanidade vegetal e animal

   

1. Introducao

O presente trabalho tem por objectivo aprimorar conhecimentos sobre a sanidade vegetal e animal, e tem como objectivo mostrar os aspetos existentes em comum nos temas anteriores citados, visto que eles são ramos de uma mesma disciplina mas com objetivos diferentes, a sanidade vegetal se dedica nas plantas, enquanto a sanidade animal se empenha nos animais, mas o principal objectivo deste trabalho e de identificar possíveis aspetos comuns entre eles existentes, e também como forma de dominar esses ramos de agricultura como também de pecuaria.

2.Sanidade vegetal e animal

Sanidade animal e vegetal são práticas destinadas a identificar, prevenir, controlar ou erradicar os organismos nocivos capazes de causar ou provocar prejuízos económicos.

3.Agentes causadores de doenças

Os agentes causadores de doenças tanto nas plantas como nos animais são: vírus, bactérias e fungos.
Ø  Vírussão microrganismos obrigatoriamente parasitas que podem causar doenças aos animais e plantas, a sua disseminação tanto nos animais como nas plantas ocorre através dos insetos.
Ø  Bactériassão seres unicelulares microscópicos observáveis com auxílio de microscópio optico e que se reproduzem por divisão celular e vivem retirando alimento das plantas e dos animais, a sua disseminação tanto nos animais como nas plantas ocorre através da água.

Ø  Fungossão plantas sem clorofila e de tamanho microscópico e que não podem elaborar por si o seu próprio alimento através da fotossíntese sendo chamados de parasitas a sua disseminação tanto nas plantas como nos animais ocorre através dos esporos que podem ser levados da infectada para outra espécie sãs por varias vias.

4.Formas de propagação das doenças

As formas de propagação das doenças tanto nas plantas como nos animais são:
·         Transmissão pelo ar; o ar é a principal forma de transmissão de doenças pois havendo condições favoráveis (humidade pela agua e frio) alguns patógenos como o vírus podem propagar se a 100 km de distancia

·          Transmissão pela água; em geral estes transportam patogenos de plantas e animais infetadas para as sadias.
·          Transmissão pelos vetores (insetos); mastigadores ou sugadores podem veicular doenças.
·         Transmissão pelo vento

5.Importância do controlo de fronteiras de forma geral

Controlo de fronteiras é uma atividade cujo objectivo é observar, controlar ou impedir a entrada ou saída de animais ou plantas portadores de algumas doenças para evitar a sua transmissão.

O controlo de fronteiras é importante porque :
·         Protege o país da introdução de doenças exóticas;
·         Combate todas as doenças existentes para que não se alastrem para todo o território nacional;
·         Controlar que os alimentos de origem animal e vegetal sejam seguros para a saúde humana;

6.Conclusão

Concluindo podemos afirmar que este trabalho foi para nos, muito importante visto ter proporcionado conhecimentos significativos na realização de meus conhecimentos acerca de sanidade animal e vegetal, visto que eles apresentam muitos aspectos em comum, e

7.Referencias Bibliográficas

TULA, José, AP11 Agro-Pecuaria 11ª classe, 1ª ed, Maputo, Texto Editores, 2013