Introdução ao estudo da Aquacultura


Introdução ao estude o da aquacultura
A aquacultura e o processo de produção, em ambiente fechado, de organismos com habitat predominantemente. Ex: Peixe, camarão, algas.
O desenvolvimento da aquacultura, em Moçambique, tem sido lento ao longo dos anos, reconhece o INAQUA, apontando o difícil acesso ao financiamento, falta de diversidade de espécies, fraca coordenação entre sectores e, ainda, o pouco interesse de pequenas e medias empresas nacionais em explorar o sector.
O sector mundial da aquacultura encontra-se numa fase de plena expansão. Moçambique tem uma potencialidade enorme neste domínio, devidas as suas características naturais e disponibilidade, quer de espaço, quer mão-de-obra.
A metodologia adequada de trabalho para desenvolver estes projectos engloba: Estudo e caracterização de locais adequados; Levantamento topográfico/hidrográfico; selecção das espécies a produzir e Projecto técnico de execução.
As alternativas de investimento neste sector são varias, ma de forma a garantir a viabilidade dos investimentos neste sector, entendemos que numa primeira fase o investimento deve ser feito nas espécies com maior disponibilidade de juvenis e cujo ciclo de produção se encontra perfeitamente dominado. As espécies mais produzidas em aquacultura: Engorda de atum e corvina; Linguado; Dourado e Rouba-lo.
A produção de moluscos e crustáceas bivalves em aquacultura reveste – se de grandes interesse económico, social e comercial. No entanto, podemos adiantar que as seguintes espécies estão bem adaptadas a produção em aquacultura e apresentam boas perspectivas de comercialização: camarão; Mexilhão; Abalone; Ostra e Vieira.



Espécies mais cultivadas no mundo e em Moçambique
A nivel mundial, das 10 principais espécies cultivadas, cinco são espécies de carpa:
*24% carpa prateada(hypophthalmchthy molitris)
*20% carpa comum (cyprinus carpio)
*18% carpa capim(ctenopharyngodon idella)
Em Moçambique as principais espécies actualmente cultivadas são:
*Tilapia moçambicana: e uma espécies que no estado adulto pode pesar ate 5kg e mede ate 40cm de comprimento, podendo viver 8 a 10 anos .
*Tilapia do Nilo: esta espécie destaca – se das demais a espécies, pelo crescimento rápido e produção de grandes quantidades de alevinos .
* Tilapia  rendalli: pode atingir um máximo de 45cm de comprimento, pesar 2,5kg e viver em torno de 7 anos .
* Carpa comum : a boca e terminal nos indivíduos adultos, e e sub terminali indivíduos jovens.

Tipos de sistemas de aquacultura
Já sabemos que, a aquacultura ou aquicultura e a produção de organismos aquáticos, como criação de peixes, moluscos, crustáceas e anfíbios, e o cultivo de plantas aquáticas para uso do homem. Existem três tipos de sistemas de criação em aquacultura:
1.Extensivo:e muito utilizado por pequenos produtores em pequenas áreas de espelho de água.
2.Semi-intensivo:emprega alguma tecnologia de criação, como: viveiros-bercarios, ração comercial.
3.Intensivo: e utilizados na criação de peixes tropicais e exótico, como também de outros animais aquáticos.

O sistema intensivo tem como característica principal a utilização de: Em terra e Em lagos, açudes e reservatórios hidroeléctricas.
                       
 Métodos de criação de peixe
A criação de peixe nas últimas décadas tem se destacado entre as actividades de maior desenvolvimento em todo o mundo, sendo responsável pela geração de inúmeros postos de trabalho e por abastecer boa parte da humanidade
Gaiolas flutuantes                                           
O uso de tanques e rede e uma modalidade de piscicultura praticada, geralmente, em campos de água de grandes dimensões onde o criador não poderia estabelecer domínios de lotes de criação ou de áreas que não podem ser esgotadas e permitem o uso de rede para a captura.
Para a criação deve-se enquadrar no seguinte perfil:
* O criador deve ter acesso a margem ou praia, para que possa estar transportando insumos e retirando a produção;
* Deve estar protegidas de ventos fortes das ondas, e não deve apresentar materiais flutuantes e lixo;
* Não deve estar próxima da navegação marítima.
As gaiolas são compostas por três partes distintas que são a estrutura flutuante; O saco de rede ( ou gaiola propriamente dita); O sistema de ancoragem.

“Este trabalho nao esta completo por favor baixe”




AVISO: Nos não nos responsabilizamos por qualquer uso ilegal deste trabalho, comprem o original e valorizem os direitos do autor! Não tirem fotos e nem imprimem esse trabalho. “Apenas Leia”