Ervilha – Origem, Variedades, Solos, Climas, Pragas e Doenças

Ervilha

Pisum sativum popularmente chamada de ervilha. É uma planta (legume) da qual existem várias variedades, e de suas vagens são extraídos diversos tipos de grãos. Em algumas regiões de alguns países é costume utilizar os grãos e as vagens como alimento, quer na forma de sopa (grãos ou vagem) ou como salada (grãos ou vagem). O seu consumo contribui para uma dieta equilibrada pois constituem uma fonte de fibras.


Origem

Pensa-se que a ervilha teve a sua origem na Ásia Central e na Europa e tem sido consumida pelo homem a milhares e milhares de anos.

Variedades e características

As variedades da ervilha dependem da forma, tamanho, cor da semente e da precocidade da planta:
  • Negret:  planta pequena, bainha ligeiramente curvada, grão redondo com superfície lisa mas com covinhas;
  • Aureola:  planta anã, grão redondo liso com covinhas;
  • Lincoln:  altura média, bainha suavemente curvada, grão cilíndrico e enrugado;
  • Voluntario:  altura média, bainha suavemente curvada, grão oval, liso com covinhas;
  • Asterix:  altura média, bainha suavemente curvada com a extremidade truncada, verde escura, grão cilíndrico enrugado;
  • Allegro:  ciclo precoce, planta de altura média, grão redondo liso com covinhas;
  • Telefone:  grão ovalado enrugado de tamanho grande porque a bainha tem um grande desenvolvimento, sobretudo nas plantas de pequeno tamanho;
  •  Televisão:  bainha curvada com extremidade em ponta, cor verde-escuro, grão irregular oblongo e de casca enrugada;
  • Tirabeque:  espanhol, se come bainha e grão: bainha muito curvada e longa, grão grosso oval liso com covinhas; também chamado “cappuccino”;
  • Mangetout:  de bainha amarela;

Solos e climas acessíveis

Solo
O ideal é que o solo seja arenoso, bem drenado, fértil, rico em matéria orgânica, com pH entre 6 e 6,8.
Existe uma simbiose entre a ervilha (e outras leguminosas) e algumas bactérias do gênero Rhizobium, que fixam nitrogênio atmosférico no solo. Desta forma a planta é suprida com o nitrogênio que necessita e ainda pode deixar o solo mais rico em nitrogênio após o fim de seu ciclo de vida. Para garantir que haja esta simbiose, as sementes podem ser inoculadas antes da sementeira com inoculantes específicos para a ervilha.
Clima
A ervilheira cresce melhor quando a temperatura permanece na faixa de 13°C a 18°C. As plantas bem desenvolvidas podem suportar temperaturas em torno de zero graus Celsius, mas a floração é prejudicada por geadas. Deve ter em atenção que as temperaturas demasiado elevadas (acima dos 27 graus) impedem o crescimento das vagens e o respetivo florescimento das ervilhas e isso prejudica gravemente a sua produção. Por outro lado, deve optar por realizar a plantação de ervilhas no início da Primavera, logo após o final das geadas de Inverno, pois esta é a melhor altura para o desenvolvimento das vagens e de ervilhas saudáveis.

Pragas e doenças da ervilheira

Pragas
Praga
Sintomas
Danos causados
Medidas de controlo
Medidas de prevenção
Ratos
-atacam as sementes após a sementeira;
-ataca o produto obtido após a maturação;
-corta o caule por baixo a panícula;
-ataca as plantinhas a seguir a emergência;
-contaminam os alimentos;
-atentam a saúde da planta;
-diminuem a produção;
-atentam a saúde dos consumidores;
-raticidas;
-combate químico;
-uso de iscas;
-não matar os predadores dos ratos os mochos, cobras;
-armadilhas;
-uso de gatos nos celeiros;
-sachar o campo
-rotação de culturas;
Pássaros
-tiram os grãos na fase de maturação;
-são mais atacadas as fachas de maturação precoce;
-vagens com furos;
-folhas rasgadas;
-diminuem a produção;
-há uma redução da quantidade do produto para a sementeira seguinte;
-atentam a saúde do homem;
-as vagens são perfuradas com o bico do pássaro;
-avicidas;
-uso de gel repelente;
-uso de repouso;
-uso de espiculas;
-uso de pessoas;
-uso de espantalhos;
-semeiar cedo para evitar que a as vagens sejam atacadas na época de maior abundância de pássaros;
-prática de rotação de culturas;
Lagarta das vagens
-aparece após a floração;
-ataca as plantas nos primeiros dias quentes da primavera;
-folhas atacadas;
-penetram nas vagens e atacam as sementes;
-atacam as vagens;
-atacam os grãos;
-ataca as nodosidades bacterianas da raiz;
-ataca os rebentos;
-Polivalente concentrado;
-Insecticida Granulado;
-uso de BHC;
-uso de organofosforado trclorfon;
-rotação de culturas;

-predadores naturais;
-uso de variedades resistentes;
-realizar inspeções semanais nas culturas;
Percevejo verde
-má formação dos grãos;
-aparece após a floração;
-alimentam-se da seiva;
-formação de grãos manchados
-enfraquecimento da planta;

-retenção foliar;
-injurias nos grãos;
-grãos chochos;
-inseticidas;
-uso de alcaloides;
-uso do óleo de nim;
-pulverização;
-rotação de culturas;
-utilização de variedades resistentes;
-inspeções semanais nas culturas;
-predadores naturais;
Tripes
-atacam as mudinhas;
-vagens encarquilhadas;
-vagens com manchas prateadas;
-sugam a seiva;
-folhas retorcidas;
-transmissão de vírus para as plantas;
-morte da planta;
-folhas amareladas;
-cortar as vagens atingidas;
-utilizar inseticidas registrados apenas para a cultura da ervilha;
-Metil carbonato de fenila;
-Cloridrato de formetano;
-rotação de culturas;
-inspeção do cultivo;
-pulverizações preventivas;
-utilização de variedades resistentes;
Traça da ervilha
-ataca os brotos novos;

-atacam o parênquima foliar;
-penetram nos ápices das hastes;
– penetram nas vagens;
-formam minas nas folhas;
-alimentam no interior das folhas;
-destroem a ervilheira;
-facilitam a contaminação de patogenos;
-Insecticidas;
-uso de Metsmidophos;
-uso de Bethylidae;
-uso de Parathion metyl;
Limpar os novos rebentos;
-pulverizar os novos rebentos;
rotação de culturas;
– Utilização de variedades resistentes;
Pulgões
-ataca os brotos novos;
-as plantas apresentam-se pegajosas ao tacto;
-colonizam as folhas;
-colonizam os botões com flor;

-sugam a seiva das folhas;
-as folhas murcham;
-segregam uma substancia açucarada sobre a qual podem surgir fungos saprófitos;
-sugam a seiva dos ramos;
-Insecticidas seletiva a ervilha;
-Acetamiprimido;
-Imidacloprido;
-Tiametoxan
-pulverizar os novos rebentos;
-rotação de culturas;
-limpar os novos rebentos;
-utilização de variedades resistentes;
Ácaros
-crescimento distorcido;
-deixam minúsculos buracos;
-comem a superfície da clorofila;
-deixam manchas brancas onde sugaram a seiva;
-produzem fios nas folhas;
-as plantas não crescem;
-as folhas secam;
-estragam rapidamente uma cultura;
-acaricidas;
-usar o tira No-Pests;
-Aumentar a humidade no nó;
-Usar o óleo de Neem;
-Escolha de melhor época de sementeira;
-rotação de culturas;
-utilização de variedades resistentes;
-uso de predadores naturais;

Doenças

Doença
Sintomas
Danos Causados
Medidas de Controlo
Medidas de Prevenção
Oídio
-ocasiona a formação de uma massa branca pulverulenta sobre as folhas;
-as folhas afectadas adquirem cor amarela;
-as folhas afectadas podem morrer;
-a parte inferior das vagens apresenta uma mancha tipo queimadura de sol;
a planta morre;
-as folhas caem;
-as flores caem;
-a planta enfraquece;
-fungicidas;
-destruir as plantas atacadas;
-tratamentos fitossanitários;
-usar uma solução de 5% de leite cru de vaca e 95% de água;
rotação de culturas;
-uso de variedades resistentes;
-uso de boas práticas culturais;
Podridão do Colo
manchas escuras no colo;
-manchas encharcadas no colo;
-manchas na raiz principal;
-podridão cortical;
-desfolhação dos ramos;
-murchamento da planta;
-seca total da planta;
-podridão das vagens;
-fungicidas;
-tirar as plantas atcadas;
aração profunda com trombamento da leiva;
fumigação com brometo de metila;
rotação de culturas;
-tratamento das sementes;
-destrucao de resíduos de colheitas;
-adubação com fontes amoniacais de nitrogénio e nitrato de cálcio;
Ascoquitose
-pequenas lesões foliares;
-bordos escuros;
-bordos com a parte central mais clara;
-lesões nas vagens;
                –
                  –
-fungicidas;
rotação de culturas;
– uso de sementes sadias;
-solo bem drenado;
-eliminação de restos culturais;



AVISO: Nos não nos responsabilizamos por qualquer uso ilegal deste trabalho, comprem o original e valorizem os direitos do autor! Não tirem fotos e nem imprimem esse trabalho. “Apenas Leia”

#BAIXE ESTE TRABALHO COMPLETO