Tentativas de definição de filosofia

Expliquemos então, o porque da expressão “tentativas de definição da Filosofia

Todas as disciplinas, no primeiro dia de aula, o professor define a sua disciplina, apresenta seu objeto e indicar seu método de estudo. Na filosofia, começar assim é difícil devido a sua própria especividade.

Algumas tentativas de definição de filosofia

Como sabemos  anteriormente, existem varias perspetivas  de conceber a filosofia.

Tentativa1 (de Aristóteles- idade antiga) 

A Filosofia é o estudo dos primeiros princípios e causas últimas de todas as coisas.  
Para Aristóteles (380-322 a.C.), assim como para grande parte da Filosofia clássica, principalmente os primeiros filósofos, a grande preocupação era de descobrir a origem do universo, isto é, tentar encontrar a causa primeira de todas as coisas. Nessa ordem de ideias, compreende-se então o tipo de definição que Aristóteles dá à filosofia. 
  

Tentativa 2 (de Cícero – Idade Média)  

Para este filósofo, a filosofia é o estudo das causas humanas e divinas. 
Para Cícero, a filosofia tem de se preocupar com a questão do Homem, no que diz respeito sobre a sua origem, a sua existência e o seu destino. E preocupa-se também sobre as quetões divinas, isto é, questões ligadas a Deus, espírito, alma.  

Tentativa 3 (de Descartes – Idade Moderna) 

Filosofia é a arte de raciocínio correcto. 
A Idade Moderna foi a época onde começa o desenvolvimento da técnica e da ciência motivada pelo uso da razão. É nessa perspectiva que aparece Descartes a definir filosofia como arte de raciocinar bem, e por isso mesmo, ser filósofo é ter essa capacidade de raciocinar correctamente.  
Tentativa 4 (de Karl Marx – Idade Contemporãnea) 
A filosofia é uma prática de transformação social e politica. 
Para este filósofo, a filosofia deve ajudar os homens a corrigir as mentes de modo a melhorar as suas condições de vida. 

Tentativa 5 (Hountondji – na Actualidade) 

 Filosofia é uma disciplina científica, teorética e individual. 

Tentativa 6 (de Anyanw – na Actualidade)  

 Filosofia tem a missão de explicitar o implícito, tomar consciência do inconsciente. 
Para este filósofo, a filosofia tem a missão de trazer à vista, aquilo que está oculto, deixar em evidência tudo o que parece escondido, e trazer à consciência tudo o que se pratica sem dar conta dele. 

Tentativa 7 (de Ngoenha – na Actualidade) 

Para ele, filosofia ajuda a resolver os problemas da humanidade, e é um instrumento de emancipação. 
Para este filósofo, o Homem tem que tomar filosofia como arma de libertação que resolve os problemas que acontecem no nosso dia a dia.