Fotossíntese


Introdução
Na presente pesquisa iremos debruçar acerca de um processo físico-químico realizado pelos seres vivos e muito importante na transformação de energia luminosa em química a fotossíntese.

Ė de frisar que o principal objectivo desta pesquisa é  apresentar de forma teórica a influencia deste processo na terra bem como dos benefícios e constrangimentos que podem vir a intervir no seu decorrer, não só ,baseamo-nos também em material didáctico que auxiliou de certa forma a detalhar a particularidade da fotossíntese quando comparada com outros processos da mesma identidade .Neste caso concreto a respiração.
Fotossíntese

A fotossíntese bem como a respiração constituem dois processos fundamentais para a retenção de energia da maior parte dos seres vivos mas iremos abordar no momento acerca da fotossíntese. Este processo consiste de modo mais vulgar na retenção de energia a partir da luz. O processo fotossintético consiste especificamente na transformação da energia luminosa em energia química através do processamento de dióxido de carbono e outros compostos como a água e minerais em compostos orgânicos produzindo oxigénio gasoso. Tendo em consideração que a fonte universal da biosfera é o sol, com excepção das bactérias químico autotroficas toda a vida em nosso planeta é directa ou indirectamente dependente da fotossíntese dos organismos clorofilados, até mesmo as fontes de energia que movimentam as máquinas do nosso quotidiano tais como petróleo, gás natural e carvão mineral são produtos da fotossíntese realizada por organismos que viveram milhões de anos atrás tendo em consideração esta síntese pode surgir a seguinte questão: os organismos não fotossintéticos ou então heterotroficos como aos animais fungos e as bactérias como retêm esta energia?
A resposta é simples pois estes são dependentes de moléculas orgânicas pré formadas obtidas através da eliminação ou absorção para o suprimento de suas demandas permanentes de energia e de matéria-prima.
A actividade fotossintética das plantas algas e de algumas bactérias promove a conversão e armazenamento da energia solar em moléculas orgânicas ricas em energia a partir de moléculas inorgânicas simples como o dióxido de carbono e a água.
Pois somente estes orgasmos são capazes de transformar energia luminosa em energia química aumentado assim a energia livre disponível para os seres vivos como um todo. Enquanto na respiração utiliza se oxigénio para degradar compostos orgânicos na fotossíntese a partir da água e dióxido de carbono são reconstruídas as cadeias de carbono utilizando a energia luminosa resultante na seguinte equação:
12H2O +6CO2 6CO2+6CO2+C6H12O6

De um modo geral a fotossíntese e a respiração constituem duas funções complementares na natureza. A principal substância responsável por este processo é a clorofila não só como também é responsável pelo pigmento verde das folhas.
Etapas ou fases da fotossíntese
As reacções responsáveis pelas transformações de energia solar em energia química integram as etapas a fotoquímica e a bioquímica.

Etapa fotoquímica ou fase escura ou ainda da reacção dependente luz.

Esta etapa ocorre sempre na presença de luz em estruturas denominados fotossistemas responsáveis pela captação de energia luminosa. Depois de captar a energia tranforma -se em química em forma de moléculas e ficam agitadas e emitem electrões enraizadas transportadas ao fim de uma cadeia sendo capturados pelo NADH. Durante este processo perde se energia que é resposta decompondo a água que liberta electrões os iões hidrogénio capturados pelo NADH se transformam em NADHP e esta armazena e transporta hidrogénio para o estroma onde durante a fase escura combinam com dióxido de carbono formando glicose. Os elementos usados nesta fase são oxigénio liberado na atmosfera, ATP, e NADPH nas reacções da segunda etapa.

Fase bioquímica
Esta ocorre no estroma ou matriz acima da água e os outros elementos que participam na fase luminosa atravessam as lamelas e o grana e transformam-se em oxigénio, ATP e NADPH. Os produtos da fase clara contem o dióxido de carbono que vem do ambiente e participam da fase escura levando a produção de glicose esse açúcar pode ser transformado em ácido que fica armazenado em órgãos como raízes e caules.

Fotofosforilacao não cíclica quando a síntese de ATP se encontra acoplado ao fluxo de electrões através dos dois fotossistemas, ou seja da água ate ao NADHP.

Fotofosforilacao cíclica consiste na interligação por carregadores de electrões móveis uma consequência importante da distribuição heterogénea dos fotossistemas nas membranas podendo transportar ectroes de um modo independente.
A síntese de ATP que resulta do fluxo de electrões de água para oxigénio é chamada de fotofosforilacao pseudociclica este fenómeno é muito importante porque para além do radical livre superoxido há formação de peróxido de hidrogénio numa reacção denominada reacção de Mehler.

Factores limitantes da fotossíntese
A taxa de fotossíntese pode ser influenciada tanto por condições internas das plantas quanto por condições externas do meio físico. As condições ou factores internos estão relacionados principalmente com as enzimas e os pigmentos fotossintéticos. Os factores externos são principalmente a intensidade da luz a concentração de dióxido de carbono e a temperatura.

Factores internos
As folhas mais novas tem fotossíntese mais rentável em relação as velhas. As folhas mais largas e achatadas apresentam uma área superficial mais grande em relação as folhas pequenas na espessura pois fica reduzida a distancia por onde o dióxido de carbono circula para se difundir no estômago ate ao parenquima folhear,
Os espaços intercelulares do parenquima lacunoso facilitam a divisão do dióxido de carbono. A existência de um parenquima empalicando de células alongadas ricas em cloroplastos na fase superior da folha permite lhes receber mais luz.

Factores externos
Concentração de dióxido de carbono

O dióxido de carbono é substrato da etapa química da fotossíntese. Sem ele no ar a intensidade da fotossíntese é nula aumentando a concentração eleva se a intensidade do processo. A elevação não é ilimitada pois quando todos o sistema enzimático existente já tiver dióxido de carbono suficiente para agir a concentração do dióxido de carbono deixa de ser um factor limitante.

Temperatura
Na etapa química todas as reacções são catalisadas por enzimas e estas têm a sua actividade influenciada pela temperatura. Deste modo a temperatura elevada começa a ocorrer desnaturação enzimática com alteração da sua configuração especial e perda de actividade existindo deste modo a temperatura ideal para a fotossíntese que não é a mesma para os vegetais.

Intensidade da luz
Uma planta colocada em completa obscuridade não realiza fotossíntese.
Aumentando a intensidade luminosa a intensidade da fotossíntese aumenta. Logo a partir de certa quantidade o aumento na quantidade de luz não é acompanhado por elevação na intensidade da fotossíntese.


Importância da fotossíntese
A fotossíntese inicia a maior parte de cadeias alimentares na terra. Sem ela os animais e muitos outros seres seriam incapazes de sobreviver porque a base da sua alimentação estará sempre nas substâncias orgânicas proporcionadas, pelas plantas verdes.
Os organismos clorofilados captam a energia sola e a utilizam para a produção de elementos essenciais, portanto o sol é a fonte principal de energia
A fotossíntese é o único processo de importância biológica que pode colher a energia do sol e contribui também para a diminuição da emissão de dióxido de carbono e outros gases de estufa.
A fotossíntese é sem dúvida o processo mais importante que ocorre na terra pois toda a vida do nosso planeta depende desse processo a glicose produzida substancia muito energética

Conclusão
Analisado a pesquisa de forma teórica, pudemos tirar conclusões s mínimas pois seria ainda mais conveniente a partir do estudo prático do processo. Um dos aspectos mais relevantes que de certa forma constituía uma inquietação por parte do grupo é certamente a questão da fotossíntese ser considerada um processo de extrema importância quando se olha na preservação das condições ambientais, uma vez que por conta desta nos garantidos benefícios infinitos um dos quais o ar puro da atmosfera.